9 de abr de 2015

Sentando-se à mesa no Sal e Brasa



Ao chegar a nossa Churrascaria sirvam-se à vontade quantas vezes quiser, é bom ir experimentando os diferentes pratos aos poucos ( o buffet está incluso no valor do rodízio). Uma completíssima mesa de frios e queijos pode ser a primeira opção como também a grande variedade de saladas e legumes.  Em nosso Buffet possuímos um setor com vários Réchauds com diversos pratos quentes, cada um com uma placa indicando o seu nome.
 


As carnes vêm em sistema de rodízio. Aqui você poderá desfrutar de nosso rodízio completo com mais de 25 tipos de carnes que circulam em espetos, desde cortes tradicionais como Picanha, Alcatra, Baby Beef, Maminha, Fraldinha aos mais nobres como Bife Ancho, Carré e Paleta de Cordeiro. Fomos eleita pelo júri da Revista Veja Natal como a Melhor Carne da Cidade por quatro anos consecutivos (2008, 2009, 2010 e 2011).

Já para quem gostar da culinária Japonesa pode se deleitar na nossa estação oriental e experimentar os sushis e sashimis delicadamente preparados por nossos sushimans.

De sobremesas, entre mousses, tortas e pavês fica difícil resistir à tentação do charmoso “Carrinho de Sobremesas” que circula pelas mesas com as mais apetitosas e conhecidas iguarias. Além de nosso tradicional pudim, temos também frutas de época, sorvetes, papaia com cassis e o já tradicional e delicioso Petit Gateau. (Sobremesas não inclusas no valor do rodízio. )

E que tal uns bons drinks? Um garçom empurra um carrinho pelo salão, sobre o qual monta diante dos clientes caipiroscas diversas, em sabores como ( cajá, morango, limão com caju). A adega climatizada armazena 800 garrafas de oitenta rótulos de vinho, dos quais o tinto chileno Ventisquero Classico Cabernet Sauvignon 2009. (Bebidas não inclusas no valor do rodízio. )
 
 



Também dispomos de salão para eventos com capacidade para 380 lugares, estacionamento gratuito, adega climatizada, Wifi, traslado e espaço para fumantes.

Estas delícias fazem da Churrascaria Sal e Brasa o local ideal para se comer bem. Tudo isso e muito mais variedades você só encontra aqui!


Lembramos que na churrascaria Sal e Brasa o rodízio* de:
Crianças de 0 anos até 5 anos,NÃO paga o rodízio;
Crianças de 6 anos até 10 anos ,PAGA meio rodízio;
Idosos  a partir dos 65 anos de idade PAGA meio rodízio (Válido somente para grupos com mais de 10 integrantes.);
Idosos  a cima de 75 anos NÃO paga.**(Válido somente para grupos com mais de 10 integrantes.);
Valores válidos somente para rodízio e não inclui bebidas e sobremesas.



Contatos:
Tel.: +55 (84) 3217.5919 / E-mail: natal@salebrasa.com.br

Endereço:
Av. Roberto Freire, 1426 - Capim Macio / CEP: 59078-600 – Natal/RN

Horário de Funcionamento:
Segunda à Segunda: 12h00 às 23h30.
.

8 de mar de 2015

8 de Março, Dia Internacional da Mulher


Uma Homenagem a quem, com força, sabedoria e delicadeza, transforma o nosso dia-a-dia em algo suave e encantador. 
.

2 de mar de 2015

A Blonde celebrando idade nova com a família...

Para brindar a data, a colunista da Tribuna do Norte, Liege Barbalho reuniu a família e amigos mais chegados, em ocasião de bem querer, com um jantar super especial em nossa churrascaria. No dia 27, ela estará recebendo amigos, em ocasião de celebração a vida e amizade com show do cantor Isaque Galvão. Mais detalhes, acesse: www.liegebarbalho.com!
20150302_213256 (1)
A Blonde com a família celebrando a vida
20150302_212023
Amarílis, Clarissa, Fernando, Heloisa, José Eduardo e Wellington Jr.
20150302_212100-1
Com Valéria Araújo, Ana Catarina Alves e Vanda Lira
20150302_212554
No abraço dos amigos Rodrigo Loureiro e Max Almeida
20150302_213622
Clarissa Queiroz e Fernando Augusto com  a herdeira Maria Luisa
20150302_220408
Com Malu na sessão parabéns

28 de fev de 2015

A Sal e Brasa recebendo a atriz global Mel Maia neste momento para almoço!

Hoje em Natal almoçando no Sal e Brasa a global Mel Maia. A bacana embarca em instantes para Serra de São Bento onde fotografa a campanha da Daya, importante marca infantil dos empresários Graça Rodrigues e Emanuel Faustino.


Fã da nossa tradicional picanha, Mel Maia é só alegria


9 de jan de 2015

Já curtiu nossa fanpage?

Essa janelinha na lateral é o atalho para curtir a nossa fanpage.Aproveite, curta, comente e compartilhe e fique por dentro de tudo que acontece na Churrascaria Sal e Brasa.
Tá esperando o quê para curtir?Se joooooga...

26 de dez de 2014

MC GUI na Churrascaria Sal e Brasa

Sal e Brasa recebeu o cantor MC Gui para almoço nesta sexta-feira. Ele que faz show hoje a noite no estádio Arena das Dunas.








15 de dez de 2014

CEIA NATALINA

A churrascaria Sal e Brasa, conhecida pela sua grande variedade de carnes nobres, terá bufê especial na noite de Natal. O serviço, que começa às 19h, inclui rodízio de carnes especiais e pratos da cozinha japonesa e internacional, além dos tradicionais pratos natalinos. O preço por pessoa (adulta) é de R$ 99,90, com as reservas podendo ser feitas pelo telefone (84) 3217-5919 ou pelo site www.salebrasa.com.br.

.

13 de dez de 2014

Vamos por partes A picanha vai para a grelha com a gordura para cima ou para baixo? Como preparar a fraldinha? O que é chuleta, afinal? Lombo de porco pode ir à churrasqueira?

Esclareça essas e outras dúvidas cruéis abaixo:



Frango 

Asa, coxa e sobrecoxa São os cortes de frango que se adaptam bem às brasas, ganhando um gostoso toque defumado (a receita de asa de frango também pode ser utilizada com os dois outros cortes).

Peito Muito seco, é mais propício aos espetinhos, com seus pedaços intercalados com bacon (principalmente), ameixa seca, pimentão, abobrinha, tomate e outros legumes.



Porco 

Costelinha Ela é incomparável na brasa: simples, só com sal grosso, ou com variados molhos. O mais famoso deles, criado pelos americanos, é o barbecue, com açúcar mascavo, mostarda, molhos inglês e de tomate, com muitas variações a partir dessa mistura básica.

Lombo Também pode ser churrasqueado direto na brasa, mas o ideal é envolvê-lo em papel-alumínio, para não ressecar. Para obter um efeito semelhante ao do molho barbecue, pode ser temperado só com mostarda e mel (receita aqui).

Pernil e paleta Cortes mais indicados para o lento cozimento no forno.



Cordeiro

Carré Formado pelo lombo junto com os ossinhos da costela, é a grande estrela do cordeiro, o chamado corte francês. É estético e pode ser servido em forma de coroa. Seccionado a cada um ou dois ossos, transforma-se na costelinha amada pelos gourmets. É excelente no churrasco, temperado com sal grosso, pimenta-do-reino, alho e alecrim. Há quem goste – influência da culinária inglesa – de servi-lo com um molho à base de menta.

Pernil O outro corte consagrado do cordeiro, o pernil (gigot, para os franceses) é mais apropriado ao cozimento no forno.



Boi

Alcatra Um dos cortes mais interessantes, com fibras macias e muito sabor. A peça completa da alcatra, localizada no traseiro do boi, compreende o miolo, a picanha e a maminha. Do miolo, extrai-se o famoso baby beef, macio e suculento. Se assar em bifes, é melhor não fazer cortes finos, que provocam seu ressecamento.

Chuleta Uma das preferidas dos gaúchos, faz parte do contrafilé e tem gosto suave de gordura. Em outras regiões brasileiras, como no Sudeste, é chamada de bisteca. Fica melhor em cortes mais espessos, com textura mal passada por dentro e torrada por fora, o que se consegue deixando-a mais próxima às brasas.

Contrafilé É o corte mais longo e pesa cerca de 4 quilos. Cortado em grossos pedaços na parte da frente, mais alta, é o ojo de bife dos argentinos. Com osso, é a bisteca ou chuleta. Rende ótimos assados, graças à capa de gordura lateral, responsável por manter a umidade da carne. O importante é não deixar a peça muito tempo na grelha, para que não endureça. Deve ser colocada primeiro na parte mais baixa da churrasqueira e, depois de 5 minutos, passada para o alto, por mais uns 10 minutos.

Costela Uma das mais saborosas partes do boi, pelos ossos e a gordura, que lhe dão um caráter diferente. Demanda longo tempo de cozimento longe do fogo forte, para que suas fibras se distendam e ela fique macia e suculenta.

Filé-mignon Praticamente sem gordura e muito macio, pode ser grelhado em pedaços maiores ou em medalhões, com o sal grosso colocado 5 minutos antes de ir à grelha. Exige pouco tempo de cozimento. Ao contrário de outras peças, sua maciez permite ser servido bem passado (na maioria das vezes, para desgosto do churrasqueiro).

Fraldinha Em alguns lugares, é chamada de aba de filé ou vazio, um dos cortes que ganham ao ser preparados no espeto, para ficar mais comprimidos. Com fibras longas, é uma carne bastante gostosa, desde que seja colocada bem perto das brasas, por 4-5 minutos de cada lado e, em seguida, deixada na parte mais alta da churrasqueira, em lento cozimento. Sirva em fatias finas.

Maminha da alcatra Com formato triangular, é bastante macia e suculenta.. Deve ser assada na parte alta da churrasqueira, a pelo menos 40 cm da brasa. Comece a servir pela ponta mais fina e, se necessário, volte o restante ao fogo.

Picanha Rainha de todos os churrascos feitos no Brasil, tem seu sabor e suculência acentuados pela capa de gordura que a envolve – e que não deve ser retirada, sob pena de torná-la um corte comum e mais duro. Com uma faca fina, faça cortes em diagonal na gordura, formando um quadriculado. Isso facilita a absorção do sal e favorece o efeito da gordura no gosto e maciez. Esfregue o sal grosso nos dois lados, com o excesso sendo retirado no momento de levá-la à grelha. Detalhe importante: primeiro, coloque o lado da gordura para cima, a uma altura de 40 cm, deixando por cerca de 40 minutos. Vire e deixe o lado da gordura por mais 10 minutos, até que fique dourada. Pode também ser grelhada em grossos pedaços com 3 dedos de largura – nesse caso, na parte mais baixa da churrasqueira e com menos tempo de fogo.

Da água

Camarões lindos e crocantes, lulas no espeto, a famosa sardinha na brasa e peixes inteiros com temperos variados. Churrasquear o que vem do mar ou dos rios é também um gostoso exercício diante do fogo. Podem servir de entrada para as carnes ou até mesmo ser protagonistas de uma tarde à beira-mar ou ao lado da piscina. E sempre é bom lembrar que a carne de peixe tem valor nutricional alto e menos calorias que a carne vermelha. Entre os peixes mais adequados à brasa estão badejo, dourado, pargo, Anchova, pescada, atum, salmão e sardinha, mas a lista vai além, de acordo com a região. Do Rio, o pintado, o pacu, o pirarucu e o tambaqui são especiais. Temperados com sal e pimenta ou recheados, os peixes maiores devem ser envoltos em folha de bananeira, alumínio ou papel-manteiga para preservar e intensificar seu gosto.


Texto: Mauro Marcelo Alves | ilustrações: Nik Neves
.